Fujam das coisas pequenas, olhem para Cristo

por Mebude mada

editado por Pedro Salomão

As denominações religiosas levam seus membros a doutrinas do que não pode isto, não pode aquilo, não pode comer tal alimento, não pode ir à praia, não pode vestir tal roupa, não pode, não pode… enfim, uma série de coisas pequeninas que atrofiam às mentes das pessoas, levando-as a se distanciarem da Verdade que é Cristo.

O apóstolo Paulo de Tarso, possuidor da plenitude do Espírito, combateu ferrenhamente estas idéias malignas da religiosidade, e procurou despertar nas pessoas de sua época e das vindouras, a consciência Cristológica, voltada para a mortificação da carne, e a busca incessante da inteligência espiritual e dos mistérios celestiais, que consiste primeiramente no Amor a Deus, que é o principio da sabedoria, e a evolução do aperfeiçoamento espiritual por amor, que consiste primeiramente na Ordem Cósmica insubstituível, onde aprendemos que servir é a realização por inteiro, absoluta, completa, dos Habitantes da Luz, onde um dia ali também estaremos.

“Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: Não toques, não proves, não manuseies?” [Colossenses 2:20-21].


“Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.” [Colossenses 2:16-17].

Contudo lembremos que, entre estas palavras, deve existir o EQUILÍBRIO!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s