Poderíamos chamar essa criatura de humana?

O caos é iminente. Em um mundo projetado sob uma base de relações sociais ditadas pelo imperial-capitalismo a ignorância entorpece o mundo. Nesse transe social que aliena a massa, não atentamos que o mundo dos sentidos é o reflexo do mundo das idéias. Há uma explicação para tudo isso?

Moradores de uma cidade mineira Papua Nova Guiné, dizem ter encontrado um homem com uma história surreal, ao comer seu filho recém-nascido durante uma cerimônia de iniciação de feitiçaria.

A polícia disse que as pessoas nos arredores da cidade de Tabubil, na Província Ocidental, acordaram na quinta-feira os gritos do menino.
Confrontado com a visão do pai, que feriu a criança para comer, uma multidão furiosa perseguiu até a delegacia, onde foi detido após uma breve luta.

A polícia disse que a descoberta era tarde demais para salvar o bebê, que mais tarde morreu de seus ferimentos.

DNA Maligno

O “canibal” Isakin Jonsson, 33 anos, pediu a “vampira” Michelle Gustafsson, de 23, em casamento. Conheceram-se numa unidade psiquiátrica de alta segurança, na Suécia, e dizem que estão apaixonados. Partindo do pressuposto que a genética do psicopata é incomum, nos perguntamos: Qual a anomalia proveniente entre essas criaturas trevosas?

Teólogo atropela ateus em debates

O teólogo e filósofo analítico, é conhecido por seu trabalho na filosofia da religião e sua vasta experiência em debates e palestras pelo mundo todo.

Entre os oponentes de W. L. Craig nos debates temos grandes nomes como ateus do porte de Anthony Flew, Lewis Wolpert, Christopher Hitchens, Sam Harris, o qual, curiosamente testemunhou a favor de Craig, descrevendo-o como “o único apologista cristão que colocou o temor de Deus em muitos dos meus companheiros ateus”. Em 2009, um debate de Craig com Christopher Hitchens (outro grande titã do neoateísmo), se tornou um tanto quanto conhecido, em função da declaração feita pelo do site ateu ‘Common Sense Atheism’, que afirmou que Craig “spanked Hitchens like a foolish child” (“espancou Hitchens como se fosse uma criança tola”).

As dores do parto

Sem sombra de dúvidas o Irã aterroriza sua população, caracterizando um terrorismo de Estado. É preciso analisar esse vídeo com olhos críticos. Pois se trata de uma artimanha imperialista para colocar “o mundo”, sobretudo os de cunho cristão, contra a Antiga Pérsia.
A Globo, como marionete e cumprindo seu papel de aparato ideológico do Estado, esboça uma campanha Pró-Estados Unidos. Aliado a esses pressupostos, se encontra a alienação do povo brasileiro.

Quanto ao amado irmão em Cristo, a Palavra de Deus é clara:

“E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram [Apocalipse 6:9]”.