Os canibais mais bizarros da história

Enquanto muitos humanos vendam os olhos para a realidade hostil que os cercam, seres desprovidos de qualquer sentimento atacam e fazem vítimas em todos os rincões do planeta. Um ato de extrema brutalidade que voltou a assombrar o mundo é o canibalismo.

A antropofagia já foi considerada uma prática ritualística, sobretudo entre tribos indígenas antepassadas – onde os guerreiros inimigos eram mortos e comidos, buscando obter, através da carne do adversário, sua força e coragem. No entanto, para além dessas ações de uma antiguidade pagã, reside a perversidade de seres destituídos de qualquer senso moral. Com requintes de crueldade, eles estupram, matam e, não contentes, comem as suas vítimas – chegando, alguns, a temperá-los, como uma refeição diária comum.

Só entende a essência dessas criaturas, quem as coloca numa esfera espiritual. Pois, estes são filhos do Inimigo, criados, unicamente, para tal finalidade. Não podemos fugir desse fato. Queira ou não, o mundo se encontra em um estado de guerra em escala cósmica, e, à medida que nos aproximamos do seu final, coisas obscuras tendem a acontecer.

Para provarmos tais afirmações, enumeramos alguns dessas individualidades malignas, que tem no canibalismo o centro de sua missão destruidora.

1) Stephen Griffiths

Esse maligno matou e comeu três prostitutas. Ele tirava a pele, esquartejava e cozinhava as partes dos corpos de suas vítimas antes de comê-las. Além de toda essa barbárie,  filmava os rituais que eram feitos na sua própria casa.

2) Anthony Morley

 Depois de muita perversão homossexual, esse humanóide comeu as partes do corpo de seu amante, após cozinhá-las.

3) Jeffrey Dahmer 

Esse serial-killer  ganhou notoriedade por seu atos bizarros.  Conhecido por “canibal do Milwaukee”, é um dos mais conhecidos canibais da história. Ele matou ao menos 17 pessoas e seus crimes envolviam estupro, desmembramento e canibalismo. Em seu apartamento, a polícia encontrou no freezer carne humana cozida. Em fevereiro de 1992, Dahmer foi condenado, antes de ser assassinado por um outro preso em 1994.  Apesar de toda  desgraça cometida, ele ainda é lembrado por artistas, que, sem constrangimentos, o saúdam. São os casos da banda Slayer e da cantora pop Ke$ha.

4) Issei Sagawa

Essa aberração ficou conhecido por ter matado, esquartejado e comido uma colega holandesa em 1981, em Paris, França. Pedaços da vítima foram encontrados em sua geladeira, cuidadosamente embrulhados.

5) Nicolas Cocaign

Esse humanóide foi apelidado de “o canibal de Rouen” pela imprensa e por outros presos. Foi condenado a 30 anos de prisão depois de matar e comer parte do pulmão do colega de cela. Cocaign estrangulou o colega e abriu seu peito com uma lâmina de barbear. Pensando que era o coração, Cocaign, então, arrancou um pedaço do pulmão do homem e comeu parte do órgão cru antes de cozinhar o resto com cebola.

6) Albert Fish

Esse maligno  é um dos canibais mais famosos da história. Ele sequestrou, abusou, matou e comeu uma garota de dez anos de idade nos EUA. Seis anos após cometer o crime, Fish enviou uma carta para a família da vítima descrevendo os detalhes da morte da criança. A polícia conseguiu prender o canibal após rastrear a correspondência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s