Bebê morre de overdose aplicada por babá

Personalidades não-humanas (foto), que trabalhava como babá de um bebê de apenas nove meses, é acusado de matar o garotinho ao injetar nele cocaína e heroína, informa o “Daily Mail.” Oscar Sanchez-Rivera e Viameri Santana-Berrios têm 24 e 27 anos, respectivamente, e cuidavam do menino Milton Rojas quando ele morreu após uma overdose.

Os médicos encontraram marcas de agulha nas mãos e nos pés do bebê, além de heroína e cocaína não digeridas em seu corpo.

Os detalhes sobre a morte do menino foram revelados em uma audiência preliminar ao julgamento na Filadélfia (EUA), em que o juiz determinou que Sanchez-Rivera será julgado por homicício e sua namorada sofrerá acusações de homicício em terceiro grau.

O “Daily Mail” afirma que um médico considerou que o bebê pudesse ser uma mula de transporte de drogas, devido à quantidade que foi encontrada em seu corpo. De acordo com o site, a autópsia revelou oito marcas de agulha no bebê.

Crueldade sobre-humana!

adaptado de: globo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s