Cientistas evangélicos comentam sobre “Partícula de deus”

Os últimos dias foram momentos de extrema agitação na comunidade científica, tudo por causa do “bóson Higgs”, ou “partícula de Deus”, como está sendo popularmente chamada, e que s estudiosos estão considerando como “a maior descoberta científica dos últimos 40 anos”, após experiências realizadas em um acelerador de partículas (Large Hadron Collider – LHC) na Europa.

Após muitos pronunciamentos de instituições e autoridades científicas que colocaram e evidência os indícios que a bíblicas traz sobre a origem do universo, alguns cientistas evangélicos também se pronunciaram sobre o assunto. Um deles foi o Dr. Larry Vardiman, cientista cristão que atua nas áreas de astrofísica e geofísica, minimizou a conotação religiosa que muitos deram ao tema, segundo ele a descoberta do bóson Higgs pode ser elucidativo ao ponto de esclarecer a versão bíblica da criação.

“É legítimo tentar entender como a massa, o espaço e o tempo se originaram, mas não se os processos que usamos explica a sua origem esquecem do Criador […] Infelizmente, os cientistas que teriam as melhores condições para observarem a obra de Deus através de um microscópio ou de um telescópio, muitas vezes parecem ser os primeiros a negar que Ele é o Criador. Porque negam o Criador, eles não conseguem entender a explicação definitiva para o mundo que nos rodeia, mesmo que as Escrituras digam “Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo são vistos claramente, sendo percebidos por meio das coisas que são feitas, mesmo seu sempiterno poder e Divindade, de modo que eles fiquem inescusáveis.” (Romanos 1:20).”.

Outro a se posicionar sobre o assunto foi o Dr. Jeff Miller, que é escritor e apologeta, que afirmou que a descoberta não prova nada. “Note-se que sem a existência desta partícula, os teóricos do Big Bang reconhecem que o Universo não podia sequer ter se formado após o Big Bang. A comprovação de sua existência não irá provar que o Universo se formou como diz a Teoria do Big Bang… Sua existência não prova que a matéria existe desde sempre ou pode trazer à existência tudo a partir do nada… E sua existência certamente não prova que as leis científicas que regem o Universo poderiam ser escritas sozinhas.”

E finalizou, “No entanto, sem a existência da partícula, os teóricos sabem que o Big Bang não poderia acontecer. Logo, a descoberta de sua existência não iria provar nada no final, mas apenas permitir que os evolucionistas possam atravessar um dos muitos abismos que ficam no caminho de sua teoria… a criação ainda se destaca como a explicação mais lógica para a origem do Universo, pois é o modelo que corresponde a evidência científica”.

adaptado de gospel+

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s