TEMPO DA GRAÇA

Eu te socorri no tempo da oportunidade e te socorri no dia da salvação; eis, agora, o tempo sobremodo oportuno, eis, agora o dia da salvação (II aos Coríntios 6: 2).
 
Esta é, sem dúvida, uma das passagens bíblicas mais precisas a cerca do Plano Divino de Salvação da Raça Adâmica. Ao exclamar com tamanha veemência o período histórico onde nos situamos nessa imensidão do tempo, o Apóstolo Paulo abre uma discussão preponderante para reconhecimento do nosso ser cósmico, a Igreja; a de vivermos no tempo da graça.
A nossa época é o atual período da pregação do evangelho da salvação através da remição de pecados em Cristo Jesus. Todavia, indo além desse magnífico fato, percebemos também outro ponto importantíssimos para nos reconhecermos como agente histórico consciente de si mesmo: a análise das setenta semanas de Daniel (Daniel 9: 24-27).
Na visão de Sacramento (1980, p.22) no “estudo da 70ª Semana de Daniel é necessário identificar os 3 períodos ou partes dessas semanas. Assim é que, para melhor facilitar o entendimento, deve-se levar em conta a ordem conforme disposta no texto acima”. Para melhor compreensão desse estudo teremos um cálculo temporal denominada “fórmula Daniel”, ou seja: 7 + 62 (              ) + 1. Isso significa que as 70 semanas estão dispostas em 3 períodos, como alertou Sacramento. Notemos que há um intervalo entre parênteses, a seguir ele será elucidado. Antes, porém, devemos identificar os períodos: o número 7 representa o período da reconstrução de Jerusalém através de Neemias; já o 62 corresponde ao exílio sofrido pelo povo judeu (Israel); findo esses períodos, tem-se, segundo a revelação de Daniel, a morte do Ungido (Jesus Cristo). Devo salientar que as referidas semanas, representadas pelas numerações, são semanas de anos, ou dias proféticos ( ex: 7 semanas x 7= 49 anos, num total de 490 anos).
Assim sendo, o parêntese existente nessa fórmula, que demonstra graficamente a história de Israel, corresponde exatamente à oportunidade aberta para os gentios no Plano de Salvação da Raça Adâmica, é ai que a presença da Igreja acontece. Adentramos o período da graça, na qual estamos nesse exato momento. Para o professor Enéas Tognini (1970), “O Senhor fez parar a história dos judeus e abriu um parêntese para salvar os gentios: é o tempo da graça que já dura dois milênios”.
Entretanto, quando falamos de gentios não dizemos qualquer gentio, mas a Raça Eleita, a Noiva de Cristo, o Exército dos Exércitos, corpos inexplicáveis em palavras humanas com uma mente tão poderosa quanto a do Mestre, eternos e incorruptíveis. Isto porque, pelo Sangue do Cordeiro fomos resgatados de densas trevas para a maravilhosa Luz do Pai Celeste. Mas, não se enganem, essa oportunidade grandiosa não durará eternamente, antes tem seu fim na “plenitude dos gentios” (Romanos 11:25) em um momento sublime chamado “Arrebatamento”. O fim do ciclo da Igreja representará a assolação de toda Terra, um período conhecido como Grande Tribulação, tempo de choro e ranger de dentes. Este é o momento histórico representada na “fórmula Daniel” pelo número 1 (ou 7 anos).
Amados, reflitam nesse texto, encare essa idéia como central em sua vida, reconheça-se como filho da Luz, se arrependa dos teus pecados, seja parte dos Santos que compõem o Corpo de Cristo, a Igreja. Não essa feita por mãos – Batista, Metodista, Pentecostal, muito menos as mal-ditas Universal, Internacional e Mundial, tão enormes em títulos materiais e tão pequenas em conhecimento espiritual – mas aquela que estará sentada nas Bodas do Cordeiro, a que foi arrebatada das hostes do Inimigo. O tempo urge contra nós, queridos irmãos, e é preciso que estejamos atentos, vigiando e orando, realizando obras e acumulando galardões, para que cheguemos nos Céus irrepreensíveis em nossas missões!
Graça e Paz!
Maranata!
fonte: vozdefeira
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s